Oficina discute implementação de programas abrangentes de HIV e IST com gays e HSH

Oficina discute implementação de programas abrangentes de HIV e IST com gays e HSH

Oficina discute implementação de programas abrangentes de HIV e IST com gays e HSH
Atividade faz parte das atividades que precedem o 11º Congresso de HIV/Aids e 4º Congresso de Hepatites Virais em Curitiba (PR)

A diretora do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV), Adele Benzaken, participou na última segunda-feira (25/09), em Curitiba, do lançamento do manual Implementando Programas Abrangentes de HIV e IST com Gays e outros Homens que Fazem Sexo com Homens, que ocorreu durante a oficina de capacitação em respostas comunitárias à epidemia de HIV entre gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH). O evento faz parte das atividades que precedem o 11º Congresso de HIV/Aids e 4º Congresso de Hepatites Virais, que começa nesta terça-feira em Curitiba.

O evento foi promovido pela rede GayLatino em parceria com a Aliança Nacional LGBTI e o Grupo Dignidade, e foi realizada no auditório da 2ª Regional de Saúde Metropolitana, da Secretaria de Saúde do Paraná. A oficina teve o apoio do DIAHV do Ministério da Saúde; da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná; da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba; bem como de outras organizações não-governamentais locais, incluindo o Instituto Brasileiro de Diversidade Sexual.

Em uma breve reunião antes de sua apresentação, a diretora foi recebida por Toni Reis, diretor executivo do Grupo Dignidade e diretor-presidente da Aliança Nacional LGBTI. Toni destacou a importância da parceria com o DIAHV na implementação de políticas públicas eficientes para essa população, e presentou a diretora com uma edição do manual. Toni comentou sobre a necessidade de implementação de programas abrangentes de HIV e IST com gays e outros HSH. O livro destaca o fortalecimento comunitário, o enfrentamento da violência, a disponibilidade de preservativos e lubrificantes, a prestação de serviços de atenção à saúde, a utilização de tecnologias de informação e comunicação, e a gestão de programas e fortalecimento da capacidade organizacional, entre outros tópicos.

Em seguida, o diretor executivo da rede SOMOSGAY, Simón Cazal, do Paraguai, apresentou à diretora do DIAHV a edição do Manual LGBT Paraguayo, com versão em espanhol, português e inglês. Simón realçou a importância de articular atividades na tríplice fronteira – Brasil, Paraguai e Argentina –, principalmente sobre a prevenção combinada.

Depois, o representante argentino, subsecretário de Políticas de Diversidade Sexual, Esteban Paulón, da província de Santa Fé, que é também presidente do grupo Gay Latino, aproveitou para convidar a diretora do DIAHV para participar do Congresso Latino-Americano de Políticas Públicas, a ocorrer em abril de 2018, na cidade de Santa Fé, considerando a relevância de desenvolver um trabalho conjunto na tríplice fronteira.

AGENDA INOVADORA – No auditório, falando a uma plateia de 30 participantes de várias regiões do Brasil – e também representantes do México, Paraguai e Argentina –, Adele Benzaken comentou que a edição do manual Implementando Programas Abrangentes de HIV e IST com Gays e outros Homens que fazem Sexo com Homens é fundamental neste momento em que a incidência de HIV tem crescido na população HSH e profissionais do sexo. “Esse manual vem somar à decisão do Ministério da Saúde de elaborar uma agenda inovadora de ações de enfrentamento do vírus HIV nesta população”, disse – acrescentando que “a sociedade civil tem que ter uma postura positiva, visando construir novas ações e novas ideias, e as pessoas vivendo com HIV têm de se cuidar, se precaver, para ajudar a evitar o avanço dessa infecção”. “Todos nós, juntos, ouvindo a sociedade civil como aliada nessa luta, podemos vencer esse agravo”, concluiu Adele.

Por fim, a diretora do DIAHV visitou o Jardim Botânico, onde o laço vermelho que simboliza a luta contra o HIV/aids está exposto no portão de entrada do parque, despertando a atenção dos visitantes que por ali passam.     

Assessoria de Comunicação
Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais

Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsHV (link is external)

publicado em
26/09/2017 - 11:27