Já está no ar a programação preliminar do HepAids 2017

Já está no ar a programação preliminar do HepAids 2017

Já está no ar a programação preliminar do HepAids 2017
Evento conta com mais de 130 atividades científicas, incluindo oficinas, capacitações e cursos pré-congresso

Já está disponível a programação preliminar do 11º Congresso de HIV/Aids e 4º Congresso de Hepatites Virais - Prevenção Combinada: multiplicando escolhas. O evento que acontece de 26 a 29 de setembro, em Curitiba (PR), contará com mais de 130 atividades científicas, incluindo oficinas, capacitações e cursos pré-congresso. Acesse a programação aqui.  

As atividades têm início no pré-congresso, com a realização de oficinas, cursos e reuniões programadas para acontecerem nos períodos matutino e vespertino, no dia 26 de setembro. No mesmo dia, no Teatro Positivo, será a abertura do evento, programação para começar às 18h.

No segundo dia do evento, começam as atividades da programação científica. Os simpósios e as conferência são as sessões de maior destaque dos Congressos, atividades de alto nível que contam com a participação de renomados cientistas nacionais e internacionais. No dia 27 ocorrem a conferência ‘Hepatite C no Brasil e no mundo’, na parte da manhã; e o simpósio ‘Hepatite Delta e o caminho para superação na saúde pública’, à tarde. No dia 28 é a vez das sessões sobre HIV/aids. Pela manhã acontece a conferência ‘Prevenção Combinada: multiplicando escolhas’, e a tarde o simpósio ‘Alcançando o futuro no campo do manejo do HIV’.

As outras sessões científicas dos Congressos, ocorrem de forma paralela. As ‘atualizações, experiências e práticas bem-sucedidas no Brasil’ são sessões que têm o objetivo de apresentar atualizações de protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas; manejo de novas tecnologias; descrição de processos e lições aprendidas com experiência ou práticas de ações e serviços de saúde implementados, promovendo a troca de ideias entre palestrantes e participantes.

Já nas ‘mesas redondas’, especialistas convidados apresentam aspectos específicos e complementares sobre um tema único – e depois promovem um debate entre si sobre vários pontos do assunto, com participação da plateia ao final. Nos painéis, especialistas convidados apresentam um trabalho relacionado ao tema proposto, e nas ‘rodas de conversa’ convidados e debatedores promovem o diálogo e troca de conhecimentos entre os participantes sobre um tema pré-definido.

Ainda dentro da programação científica, estão as apresentações de trabalhos orais aprovados, em mesas com temas específicos, e os pôsteres, que serão apresentados em formato eletrônico. Nesta edição, serão premiados os melhores trabalhos para apresentação oral e pôster.

Completam a programação a Vila Social, um espaço de encontro e fortalecimento que agrega experiências e temas de interesse da sociedade civil e dos movimentos de pessoas vivendo com HIV e hepatites virais, e Espaço Comunicação, no qual serão apresentadas diversas estratégias e inciativas para enfrentamento do HIV e das hepatites virais por meio da comunicação social.

 

Assessoria de Comunicação
Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais
Conheça também a página do DIAHV no Facebook:
https://www.facebook.com/ISTAidsHV

publicado em
22/09/2017 - 18:41